Museu da Presidência da República organiza congresso outras vozes na República 1910-1926

Este texto pertence à secção de Jornalismo livre, onde qualquer estudante, docente ou funcionário do ensino superior pode publicar novidades, entrevistas e outros textos jornalísticos.

Outras Vozes na República 1910–1926 Congresso Nacional de História e Ciência Política

12 e 13 de Maio Figueira da Foz

Nos próximos dias 12 e 13 de Maio realiza-se, na Figueira da Foz, o Congresso OUTRAS VOZES na República (1910–1926).

Organizada pelo Museu da Presidência da República, esta iniciativa conta com a participação de um leque alargado de investigadores da área da história e da ciência política, provenientes de universidades, institutos e fundações de todo o país que, durante dois dias, irão debater temas ligados à I República portuguesa. O Centenário da República convoca não só a celebração de um ideal político e social que é, hoje, parte integrante da matriz ideológica do mundo ocidental, como constitui uma oportunidade para observar com maior acuidade um período basilar da nossa história nacional.

Este congresso, sublinhando a heterogeneidade e pluralidade de visões, pretende evocar grupos sociais, movimentos políticos e correntes ideológicas que contribuíram de forma significativa para a riqueza e complexidade do tecido social e político da época. Os trabalhos irão decorrer nas instalações do Palácio Sottomayor e no Salão Nobre do Casino Figueira, entidade que apoia a realização deste Congresso.

Organizado em torno de conferências e mesas-redondas, OUTRAS VOZES na República (1910–1926) irá reunir cerca de 60 oradores, distribuídos por vários temas, com a moderação de personalidades de referência da historiografia nacional.

O programa integra ainda uma oração de sapiência, proferida pelo Professor Barata Moura, subordinada ao tema “A República em perspectiva e prospectiva”, a decorrer no Salão Nobre do Casino da Figueira, na noite de quinta-feira, com entrada livre, a que se segue a actuação do Coro dos Antigos Orfeonistas de Coimbra e da Orquestra Clássica do Centro.

A comissão científica do Congresso é composta por António Malheiro da Silva, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Fernando Catroga, da Universidade de Coimbra, José Fontes, da Universidade Aberta, José Miguel Sardica da Universidade Católica Portuguesa, Nuno Severiano Teixeira, da Universidade Nova de Lisboa, Rui Ramos do Instituto de Ciências Sociais e Sérgio Campos Matos do Centro de História da Universidade de Lisboa.

Paralelamente, associam-se a esta iniciativa, como membros da Comissão de Honra, os ex-Presidentes da República, António Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio, para além de várias personalidades de destaque do meio académico e científico e representantes de organismos locais e nacionais que apoiaram a realização deste fórum. Esta Comissão de Honra é presidida pelo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva. No âmbito desta iniciativa será ainda inaugurada a exposição “República e Propaganda”, organizada pelo Museu da Presidência da República, patente ao público, no Casino da Figueira, entre os dias 13 de Maio e 4 de Setembro.

A inscrição para o Congresso OUTRAS VOZES na República (1910–1926) inclui a participação em todas as sessões de trabalho e programa cultural paralelo. Com esta iniciativa, o Museu da Presidência da República procura promover a interacção entre comunidade académica, jovens investigadores e público em geral interessado neste período conturbado da história portuguesa, propiciando o debate de ideias e uma reflexão plural e dinâmica sobre a emergência e a sedimentação do regime republicano.

Para mais informações consulte o programa em anexo e o weblog do congresso http://outrasvozesnarepublica.wordpress.com